Buscar
  • Cuideme.Care

Conheça a nossa história!

. A fragilidade de envelhecer pode trazer diversos problemas, mas não só para nossas próprias vidas, mas também, a vida de quem nós amamos.


É nessa fase em que tudo parece voltar como era antes, onde não conseguimos por nós mesmos realizar tarefas simples e vemos nossa saúde ficar cada vez mais vulnerável. Após tantos anos, doenças como a diabetes, hipertensão e problemas cardíacos são normais e quando não são bem monitorados é problema na certa!


Essa foi uma dificuldade que passei na vida. Sou Luísa, uma das fundadoras da startup CuideMe. Eu, assim como muitas famílias, sofri muita dificuldade para monitorar a saúde da minha avó. E desejava fazer isso, sem ter que interferir tanto no dia a dia dela.

Em um evento em Maringá, o Startup Weekend Woman de 2019, patrocinado pelo SEBRAE, eu apresentei a minha dor e a ideia foi validada. Logo então, junto a outras 7 pessoas, desenvolvemos uma solução para a dor apresentada. Mesmo sem ganhar o evento, o projeto foi para frente, continuou e ganhou vida!


A solução pensada foi buscar no mercado um dispositivo, com custo/benefício atrativo, capaz de realizar o monitoramento de dados vitais, além de detectar quedas e também fornecer a geolocalização dos usuários, em casos que eles venham a se perder de casa. A partir do encontro do dispositivo ideal, um aplicativo foi desenvolvido pra ele, afim de receber esses dados, transformá-los em relatórios de fácil leitura e análise e ainda, gerar alertas sobre alterações drásticas nos dados vitais do familiar, quedas e fornecer a localização do usuário na palma da mão.

Quem forma a CuideMe.care?

Hoje nosso time tem 2 pessoas à frente, Camila e Luísa, ambas fundadoras do negócio. Somos mulheres fortes, independentes e persistentes no desenvolvimento da nossa startup. Já passamos por muitos altos e baixos, mas sem deixar a peteca cair totalmente. Ambas com conhecimento em áreas diferentes, mas se complementando no dia a dia e nas principais demandas do negócio nesse momento.

Temos muitas ideias e somos muito parceiras uma com a outra, entendendo nossas dificuldades e nos apoiando nos momentos de indecisão. Mas com muito foco no sucesso do negócio e em realizar o projeto a fim de facilitar a vida de diversas famílias e idosos que necessitam da nossa solução.

Entre frustrações e acertos, o que vale é capacidade de entendê-los

Na vida de uma startup, o time é peça fundamental para que ela cresça e evolua. Logo, a saída de um sócio repentinamente pode causar grandes problemas, principalmente se a empresa ainda está em estágio inicial. Foi o que aconteceu com a CuideMe. A startup passou recentemente pela saída de um sócio e programador, causando grande dor de cabeça para as sócias que ficaram. Isso provocou até uma incerteza sobre o futuro da empresa.

Aceitando o risco e com o suporte da aceleradora, nós conseguimos, não só, superar a perda, mas também conquistar a primeira reunião com investidores de potencial! Também, demos mais um passo importante ao finalizar o desenvolvimento da primeira versão funcional do aplicativo.

Assim como na vida, a caminhada de empreendedor é feita de altos e baixos. Tem dias que parece que os baixos são mais frequentes, o que nos leva a desanimar e querer desistir de tudo. Mas existe luz no fim do túnel e aprender a apreciar a caminhada nos faz crescer e amadurecer.

Segundo Luisa: ”No início do ano perdemos 550 dias de trabalho. Tivemos de nos reconstruir, sermos resilientes e não desistir. Levantamos a cabeça, estudamos as nossas possibilidades, pivotamos a nossa ideia e em 149 dias, refizemos todo o trabalho perdido. Tivemos o suporte muito importante da Aceleradora Condor Connect e conseguimos voltar o projeto aos trilhos e já planejar grandes passos. Aprendemos muito e levantamos muito mais preparadas, e com mais vontade de fazer esse nosso sonho acontecer.” O tempo acabou se tornando relativo e professor, e as suas atitudes e mentalidade são o que vão determinar o seu futuro.

O ano de 2021 finaliza com o tão esperado início das vendas e para 2022 as sócias já estão trabalhando na estruturação do negócio e preparação para um crescimento exponencial.


A CuideMe quer fazer do mundo um lugar melhor para os idosos, um idoso por vez. “E nós vamos chegar lá!”

27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo