Buscar
  • cuideme care

A vida depois da aposentadoria

Aqueles tempos que o dia deveria ter mais de 24h horas ficaram para trás. Na melhor idade você passa a ter domínio do tempo, ele não controla mais seu dia, você passa a ter controle sobre ele.


Essa foi a minha primeira descoberta na aposentadoria.


E como num jogo de videogame, você pula de fase. Entra nela, estudando as estratégias do novo jogo chamado vida. Não criamos expectativas como os jovens, só deixamos rolar. Rolar as amizades, paquera, aventuras, novas descobertas que se rolar rolou, do contrário também tudo bem. Depois da sensação de dever cumprido, nada de lamentar pelo ninho vazio, amores que não deram certo, só quero saber do que pode dar certo daqui pra frente, sem esquecer de onde veio e para onde se quer chegar.


A pandemia limitou principalmente as pessoas da melhor idade, virei grupo de risco, mas não dá para deixar de sonhar, ter esperança, porque na nossa idade sabemos que tudo passa, o que é bom e o que é ruim. A ideologia de um mundo mais fraterno sempre me acompanhou. Posso agora dedicar mais tempo nisso. Isso me faz sentir mais forte e importante nesse mundo. Preencher o vazio do silêncio da casa sem ninguém também porque na minha visão isso fará parte da minha herança aos rebentos.


A tecnologia nos traz independência, companhia e tranquilidade. Nesses canais qualquer hobbie, eu chamo de terapia clínica, você descobre que tudo é possível de fazer, ler, experimentar, rir, chorar do sofá de casa. Isso é incrível, inimaginável no tempo da minha mãe. Viveremos uma velhice com uma independência nunca antes vivida por outras gerações.


Da minha sacada sei tudo sobre minhas físicas, pressão, batimentos cardíacos, saturação de oxigênio, etc


E eu cuido de mim! Isso é fantástico. O segredo é ser curiosa e se adaptar a esse novo mundo. Saúde e lucidez, o resto a gente desenvolve ou aprende.


14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo